propaganda

BASTIDORES | DISPUTA PELA PREFEITURA DE JP TER√Ā 'DOIS CARTAXOS' EM CAMPOS OPOSTOS; ENTENDA

E assim, √© expandida a √°rvore genealógica do poder na pol√≠tica paraibana.

Por Brejo News em 09/06/2024 às 13:26:11

A disputa pela cadeira de prefeito de João Pessoa em 2024, reserva muitas particularidades.

Partido com "dois candidatos a prefeito" no campo da esquerda, o vai e vem da direita em torno de uma candidatura, indefinição dos nomes dos eventuais vices e até federações rachadas.

Sem contar que as legendas t√™m combinado entre si, mas a adesão popular não tem acompanhado as pretensões.

A Paraíba, que historicamente não desmonta palanque, tem sua primeira campanha fria. Alguns motivos podem ser apontados: descrédito na classe política, extremismos, a sobra de ataques e a falta de propostas efetivas para cidade.

Até então, não h√° projetos para uma Capital, apenas de poder.

Mas a nossa abordagem de hoje se concentra em uma simples curiosidade prometida no título deste artigo: "os dois Cartaxos".

Apesar do deputado estadual e pré-candidato a prefeito de JP Luciano Cartaxo (PT) ter um irmão g√™meo, não se trata dele – Lucélio - o segundo nome.

Ocorre que o médico cardiologista Marcelo Queiroga, filiado ao PL, que foi ministro da Saúde durante o governo Jair Bolsonaro, é registrado e batizado como: Marcelo Antônio Cartaxo Queiroga Lopes.

Igualmente a Luciano, Queiroga tem um irmão. O que muda são dois detalhes: não é g√™meo e não vota nele. Isso mesmo, o ex-vereador Marco Antônio é declaradamente eleitor de Cícero.

Lucena que tem a filha e a cunhada na gestão municipal.

E assim, é expandida a √°rvore genealógica do poder na política paraibana. Em contrapartida a cidade e o povo seguem perdendo o DNA.

Fonte: politicajp

Comunicar erro
banner

Coment√°rios