propaganda

ÚLTIMO MINUTO: MORTE DA MÃE DE PELÉ ACABA DE SER ANUNCIADA

Por Brejo News em 21/06/2024 às 16:29:39

Na sexta-feira (21), Celeste Arantes, mãe de Edson Arantes do Nascimento, o Rei Pelé, faleceu aos 101 anos em Santos, no litoral de São Paulo. A rainha-mãe, natural de Três Corações, teve três filhos: Pelé, Jair (Zoca) e a caçula Maria Lúcia, que cuidava dela. Segundo o G1, Celeste estava hospitalizada há 8 dias, mas a causa da morte ainda não foi divulgada.


Todos os filhos de Dona Celeste foram fruto do relacionamento com João Ramos do Nascimento, conhecido como Dondinho, com quem ela foi casada até 1996, ano de seu falecimento.

Pouco antes de Pelé, aos 82 anos, nos deixar, ele prestou uma homenagem aos 100 anos de sua mãe em 20 de novembro de 2022, durante a abertura da Copa do Mundo no Catar. Pelé expressou sua gratidão a Dona Celeste pelos ensinamentos ao longo da vida.




Mãe de Pelé completa 100 anos e rei do futebol faz homenagem nas redes sociais. — Foto: Reprodução/ Instagram

Apesar das passagens de Dondinho por clubes como Atlético/MG, Hepacaré (Lorena, SP), Vasco de São Lourenço (MG) e Bauru Atlético Clube, sua carreira como jogador não foi longa devido a lesões. Dona Celeste, ciente da vocação inata de Pelé para o futebol desde suas brincadeiras nas ruas, inicialmente resistiu à ideia de vê-lo seguir carreira no esporte. Ela chegou a impedir que o Bangu, do Rio de Janeiro, o contratasse.


Para convencê-la, Dondinho e Waldemar de Brito, famoso atacante das décadas de 1930 e 1940, trabalharam arduamente. Foi somente em 1964 que a família deixou Bauru, no interior de São Paulo, para se mudar para Santos.

O desejo constante de Dona Celeste era que Pelé, também conhecido como Dico, fosse um bom filho e uma pessoa de fé. Esse sentimento acompanhou o Rei do Futebol durante seus 82 anos e permanecerá com ele nesta despedida para a eternidade.


Em uma entrevista concedida à A Tribuna em 2012, obtida por meio de sua neta Danielle, Dona Celeste compartilhou: "Ele dizia que não era fácil ficar longe, sentia saudades da família. Mas ele sabia que precisava continuar para alcançar seus objetivos de vitória. Não queria desistir. Meu coração apertava, mas eu o apoiava".

Fonte: terrabrasilnoticias

Comunicar erro
banner

Comentários