propaganda

Falso pastor é preso pela segunda vez no Ceará por assassinato de produtor rural na Paraíba

Crime ocorreu em 2022, quando produtor rural depois de morto teve o corpo esquartejado e ocultado. Corpo só foi encontrado em 2023.

Por Brejo News em 11/07/2024 às 11:59:36

O principal suspeito de assassinar o produtor rural Luiz Weber Antony de Faria Júnior, de 60 anos, mais conhecido como Júnior de Nereida, em Itaporanga, no Sertão da Paraíba, em 2022, foi preso novamente nesta quarta-feira (10). Segundo informações da Polícia Civil, o homem, identificado como Marcus Ulisses de Paulo, estava se passando por pastor no município de Farias Brito, no Ceará, e já tinha sido preso pelo mesmo crime em 2023.

Júnior de Nereida desapareceu em agosto de 2022 e o corpo só foi encontrado em abril de 2023 pela filha da vítima, próximo a uma casa abandonada em uma propriedade que pertence à família. A vítima depois de morta teve o corpo esquartejado e ocultado.

Segundo as investigações da Polícia, Júnior de Nereida e o suspeito trabalhavam juntos na extração de madeira. Depois do desaparecimento da vítima, Marcus Ulisses vendeu pertences e terras de Júnior e ainda fingiu ser ele para enganar outras pessoas por telefone.

Ainda de acordo com informções da Polícia Civil, Marcus Ulisses de Paulo já havia sido preso em julho de 2023, depois que o corpo da vítima foi encontrado. Porém, como se tratava de uma prisão temporária, ao alcançar a condição de liberdade provisória, fugiu para o Ceará.

A audiência de custódia do suspeito será realizada nesta quinta-feira (11). Caso fique preso, será transferido para a Paraíba.

Fonte: G1PB

Comunicar erro
banner

Comentários